Vão se os anéis ficam os dedos!

Trelew é uma das muitas cidades ocupada por galegos que existem na Patagônia, mas que, além disto, tem um Museu Paleontológico com coleção muito interessante, e era para isto que estávamos indo até lá, queríamos saber mais sobre os dinossauros desta região.

Chegamos e fomos procurar por um camping, fazia um calor sufocante. Depois de um tempo rodando de carro descobrimos que não tinha camping na cidade, a solução foi dormir em um hotel baratinho (coisa difícil de achar para estas bandas de cá). Novamente nos deparamos com problemas de infraestrutura, quarto quente de frente para uma rua super barulhenta, tínhamos que escolher calor ou barulho, novamente noite mal dormida.

Razão para visitar Trelew!
Razão para visitar Trelew!

Levantamos e fomos de carro ao museu, queríamos ir embora logo para Punta Tombo ver a Pinguinera.

Paramos em uma rua movimentada em frente ao museu, pegamos nossa câmera fotográfica e compramos os bilhetes (35 pesos por pessoa – equivalente à R$17,50). Dentro é permitido fotografar, tem uma sala com vídeo explicativo e um laboratório onde se vê os paleontólogos trabalhando. Ficamos em torno de 30 minutos lá dentro e fomos embora.

Os exemplares do Museu de Trelew!
Os exemplares do Museu de Trelew!
Hora sair para o carro e ser surpreendido!
Hora sair para o carro e ser surpreendido!

Quando regressarmos ao carro percebemos que tinha algo estranho. Então depois de alguns segundos olhando um para o outro, a ficha caiu, tinham roubado nossos 2 gps e nosso ipod, ficamos pasmos, pois o carro não parecia ter sido arrombado e o vidro estava intacto, como poderiam ter feito isto? Primeiramente nos dirigimos a um senhor que tinha uma loja bem em frente para saber se ele tinha visto algo, obviamente que disse que não, só que tinha escutado o alarme de um carro, mas que parou em pouco tempo, o que, aliás, é outra coisa estranha, como o alarme disparou e parou sozinho não sabemos explicar. Ainda perplexos, nos dirigimos à delegacia para prestarmos queixa. O oficial que nos atendeu foi muito solícito e disse que a Argentina sobre com este problema, e que na mesma semana perto da praça principal, tinham roubado pertences dentro de outro carro, e que infelizmente aqui eles têm as mãos atadas e pouca liberdade para agir. Lamentou e por fim disse que se alguém viu não diria por medo, e que seria muito difícil recuperar nossos pertences, mas anotou celular e e-mail caso tivesse informações.

O que nos restava era partir, afinal de contas tivemos sorte, pois dentro do carro estava nosso laptop, filmadora, e as lentes da câmera, coisas bem mais valiosas e importantes para nós.

Vão se os anéis ficam os dedos! Estamos pronto para continuar nosso caminho, e felizes por nada de sério ter nos acontecido.

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Rodrigo Martins disse:

    Cara que menlim,

    PQP Argentinos FDP, que bom que não quebraram o vidro e que não viram outras coisas, vocês vão seguir sem GPS? e o SPOT? infelizmente sempre que parar fora de um estacionamento privado temos que tirar as coisas que estão visiveis aos bandidos.

    Bola pra frente e dedos no lugar, rumo a aventura.

    Abraço t+

    1. expedicaoih disse:

      Vamos sem gps, e quando tiver um boa oportunidade compramos um legal, talvez em alguma zona franca! Tá tranquilo viajar por aqui, e com exceção deste acontecimento o povo é super legal, todo mundo quer ajudar, pena ter bandido em todo lugar do mundo, mas estamos tranquilos quanto a isto.
      Surpresa desagradável, mas já foi!

      Estamos congelando aqui em Ushuaia!

      Grande abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s