Polícia Carretera!!!

Com exceção da blitz em Puno, até agora só tínhamos sido parados já entrando em Arequipa, mas não tivemos problemas e fomos liberados em questão de poucos minutos, mas agora iniciava um novo capítulo na novela Polícia Carretera.

Não chegamos a dirigir 100km e fomos parados. O policial pegou um rádio e uma mulher falando do outro lado dizia que uma caminhonete preta tinha passado em alta velocidade, logo nos perguntou se não tínhamos visto a placa de 35km/h e respondemos que sim, mas imaginem vocês em uma autopista a uns 80km/h depois de uma curva se depararem com uma placa de 35km/h, quem consegue reduzir a velocidade desta forma sem correr o risco de causar um acidente?! Respondemos que sabíamos qual era a nossa velocidade e achamos por bem não frear bruscamente, pois vinham muitos outros veículos atrás. Ele logo mostrou um caderno onde informavam os valores das multas e no nosso caso seria de 412 soles o equivalente a R$260,00, nós dissemos não ter a quantia e que precisávamos sacar, ele nos disse onde e ficou apreendeu a carteira de motorista internacional até que voltássemos e fossemos seguidos por um policial de moto ao local onde deveria ser paga a multa. Fomos e sacamos o dinheiro, quando voltamos ele veio com um discurso diferente, pediu agora nosso seguro e quando apresentamos o nosso internacional questionou dizendo que tínhamos que ter o deles, que o nosso não valia de nada, tentamos explicar mas ele cortou o assunto dizendo que havia um acordo internacional para que os estrangeiros pagassem somente 50% do valor de qualquer multa, mas que ele tinha conversado com a inspetora dele e ela estava de acordo em nos liberar por 180 soles apenas, disse que não registraria perda de pontos na carteira e que ficaria tudo certo. Achamos ótimo, quem não gostaria de pagar menos e sair logo desta situação. Estávamos esperando que ele nos desse a multa para irmos ao tal local pagar, mas então ele simplesmente nos entrega um caderninho mandando-nos colocar o dinheiro ali. Neste momento tudo mudou de figura, sabíamos que apesar das velocidades ridículas nas estradas peruanas, estávamos errados, mas então percebemos o joguinho sujo dele e dissemos que não pagaríamos, que toda nossa viagem era toda registrada e que se ele quisesse nos aplicar a multa corretamente tudo bem, mas teria que a partir daquele momento provar nossa velocidade com registro legal. Em questão de segundos ele mudou a expressão, rabiscou a multa e nos mandou seguir. Ficamos revoltados com a situação, mas faltava muito para Trujillo e certamente passaríamos por muitas outras blitz, aliás, no Peru existem policiais rodoviários nas entradas, meio e saídas das cidades, todos querendo uma graninha extra!

Mais um pouco a frente outro policial nos parou e desta vez o argumento para nos arrancar dinheiro era que não podíamos circular com insulfilm nos vidros, falamos que o carro não era nacional e que estas leis não se aplicavam a nós, pois, seria difícil mudar o carro todo vez que entrássemos em um novo país. Ele não insistiu muito, e nos liberou. Alguns quilômetros mais e novamente fomos parados, mas desta vez algo bem estranho aconteceu, o policial chegou perto perguntou de onde éramos, elogiou o carro e nos desejou boa viagem sem sequer pedir um documento. Seguimos viagem já dispostos a comprar briga com outros policiais espertalhões, mas enfim depois desta terceira vez conseguimos chegar a Trujillo e descançar desta novela.

Trujillo!
Trujillo!

Em Trujillo visitamos as ruínas de Chan Chan e a Huaca de la Luna, foi interessante ver as outras culturas, além dos Incas, que viveram neste país, a costa peruana assim como  a serra tem muita história e vale a pena ser visitada, pois são povos diferentes que enfrentaram realidades geográficas muito distintas o que influenciou e muito no modo de viverem.

BLOG PERU CHAN CHAN
Ruínas de Chan Chan!
Huaca!!!
Huaca!!!

Infelizmente perdemos outro amortecedor. Quando fizemos a troca dos pneus em Lima reparamos que estava vazando óleo e em Trujillo conhecemos um bom mecânico que nos ajudou a comprar novos amortecedores e poder então seguir viagem mais tranqüilos.

Além das pedras no caminho, Trujillo nos reservava uma surpresa. Quando numa noite saímos para jantar de longe vimos uma menina que sinalizava e que por fim se aproximou de nós, era Tim, uma jovem de Singapura que viaja sozinha de mochila por alguns países da América do Sul, e que estava hospedada no mesmo lugar que nós na cidade de Pucón no Chile. Foi uma coincidência feliz e pudemos desfrutar da companhia dela no jantar. Depois de uma sessão de fotos nos despedimos com a expectativa de nos encontrarmos ainda no Equador.

Tudo acertado hora de visitar nosso último lugar no Peru, a pequena Máncora, terra de surfistas e de mar agitado. Por incrível que pareça passamos por muitos policiais e não fomos parados nem uma vez! Ao chegar lá achamos bonito o lugar, mas um tanto caro e ficamos somente uma noite, queríamos mesmo era seguir para o Equador.

Mancora, despedida do Peru!
Mancora, despedida do Peru!

Admitimos ter ficado cansado de dirigir no Peru, pois além do transito caótico, tem os policiais corruptos que querem se aproveitar dos estrangeiros, mas podemos afirmar com certeza, que o Peru é um país que tem muito a oferecer, lugares lindos, gente simpática e uma polícia de turista que faz bonito e deveria ser motivo de inspiração para as carreteras. É um país com muitos mistérios a serem desvendados, seja nas grandes altitudes de suas cidades serranas, seja nas quentes e áridas cidades costeiras.

Ficamos um total de 21 dias e teremos que voltar uma outra vez para desfrutarmos das muitas belezas que deixamos para trás. Obrigado aos peruanos que nos ajudaram quando precisamos e que tão bem nos receberam.

Anúncios

8 comentários Adicione o seu

  1. Gut disse:

    É uma pena que essa realidade de policia corrupta exista por essas bandas também. Adorei as fotos! Realmente os lugares são lindos mesmo. E agora, qual é o próximo destino?

    1. expedicaoih disse:

      Olá Gut,

      Próximo destino serão as regiões serranas do Equador!

      Abraços!!!

  2. Regis disse:

    Ola Leo e Dani, tenho acompanhado a aventura de vcs desde o começo, quando postaram no forum 4x4Brasil e tbm tenho os mesmo planos de fazer isso…

    Tenho uma dúvida, e agradeceria muito se vcs pudessem solucionar ela…
    É o seguinte, vocês vão enviar o carro para Colon via Equador certo? Caso sim, quando vcs forem enviar o Troller, poderiam por favor perguntar na empresa que forem utilizar se é possível tbm viajar no navio cargueiro, porque tem empresas que este tipo de viaje é permitido…

    Obrigado e boa viajem para vcs o/
    E mantenha os up’s =)

    1. expedicaoih disse:

      Olá Regis, que legal você nos acompanhar desde o início e torcemos para que em breve você possa estar curtindo a sua aventura.
      Nós mudamos de plano quanto a enviar o carro do Equador, vamos fazê-lo a partir de Cartagena na Colômbia, pois ficamos muito interessados em conhecer este país.
      Podemos nos informar por lá para você e te damos uma reposta.

      Abraços!

      1. rgiz disse:

        óóo legal!!

        Então nos vemos na Colombia, eu aqui e vocês ai, para lembrar sobre essa dúvida =) ..
        E obrigado desde já.

        Abraços o/

  3. Daniele disse:

    Vedo che non siete andati a vedere le piramidi di adobe non lontane da Trujillo, verso l’entroterra. Sono poco note, ma imponenti. Avete visto il museo del “Señor de Sipán” vicino a Lambayaque? Se ve lo siete persi, sarebbe proprio un vero peccato.. E’ delle cose più interessanti del Perú.
    Non voglio sembrare presuntuoso, ma conosco abbastanza bene anche l’Ecuador. Se credete di aver bisogno di qualche suggerimento, sono a vostra disposizione, specialmente se volete scalare montagne e conoscere la parte della “Sierra”, oppure la zona di Baños e le sue cascate, oppure Quito e i suoi dintorni, oppure una parentesi di relax sul Pacifico.
    Seguo con interesse il vostro viaggio, perché con voi “ripasso” tanti luoghi per cui sono transitato parecchi anni fa.
    Pensate di andare anche in Colombia?

    1. expedicaoih disse:

      Ciao Daniele!
      Noi abbiamo conosciuto grande parte del Peru, certo che è grande e bello con molte cose interesanti e sono sempre benvenuti tuoi suggerimenti.
      É molto diferente prendere vancaze per un unico posto, è più fàcile conoscere in più, però il nostro viaggio è lungo e dobbiamo scegliere e questo è diffìcile per noi.
      In Ecuador visitaremo solo le montagne e si, passaremo per la Colombia.
      Siamo felicè per potere fareti ricordare dei momenti buoni che hai vissuto, desideriamo che in altra opportunida possia trovare a questi posti!
      Grazie mille!!!

  4. Ézil disse:

    Fala Dani e Leo,
    Caramba, não tem nem como elogiar mais a viagem de vocês, simplesmente sensacional, e pensar que ainda tem muita coisa pela frente =P
    Continuem assim!
    beijão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s