Em direção ao oeste!

Nosso primeiro contato com as estradas nos EUA foi um tanto cansativo e quente, embora aqui não tenhamos encontrado problemas com asfalto ruim, motoristas enlouquecidos ou policiais pedindo propina, tivemos que enfrentar as longas e tediosas retas. O combustível fica em torno de U$3,90 o galão, as estradas públicas não cobram pedágios (pelo menos uma coisa para compensar o diesel caro), em todas as rodovias existem postos de informações turísticas, e existem também paradas para descanso com áreas cobertas para alimentação, sanitários e máquinas de refrigerante. Não são todos os postos de abastecimento que tem diesel, muitas vezes é preciso se afastar dos centros para encontrá-lo. Em todas as saídas das estradas existem indicações dos serviços oferecidos, que são sempre os mesmos, fast food, posto, e hotéis.

Quando chegamos a St Petersburg fomos para nossa famosa corrida por hospedagem, os preços são bem salgados por aqui, mas acabamos encontrando algo dentro do nosso orçamento. Dia seguinte passeamos pela cidade e visitamos o Salvador Dali Museum, dali seguimos para a Louisiana, a idéia era chegar em New Orleans antes do 04 de julho, mas acabamos parando na capital Tallahassee para descansarmos.

Museu Dali!
Museu Dali!
Museu Salvador Dali em St. Petersburg!
Museu Salvador Dali em St. Petersburg!

Tão logo acordamos pegamos a estrada e chegamos a New Orleans a tempo de descansarmos e aproveitarmos as comemorações. Por aqui é muito quente o que torna as caminhadas diurnas pelas cidades um tanto cansativa demais, mas mesmo assim nos arriscamos pelo French Quarter e descobrimos como a influência francesa está presente em toda parte. New Orlenas é uma cidade que respira e inspira música, são muitas as misturas nesta cidade, e estas podem ser observadas nas roupas, comidas e religiões.

À margem do Mississipi assistimos com os norte americanos os fogos do 04 de julho e pudemos assistir depois os vários grupos musicais que se apresentavam em cada esquina da cidade, foi bem interessante a experiência e animada.

No dia em que partimos de New Orleans fizemos o trajeto da Plantation Alley onde existem as grandes casas responsáveis pelas plantações antes da Guerra Civil, doze casas são abertas a visitação, mas tem que estar disposto a pagar U$20,00 por cada, nós nos contentamos em admirá-las por fora, depois seguimos para Lafayette.

Lafayette é uma cidade pequena com forte influência francesa, inclusive por aqui a língua é falada em toda parte. Fomos a Vermillionville onde é possível ver toda uma pequena vila restaurada e a cultura destes imigrantes que viviam ao longo dos pântanos e desenvolveram uma culinária peculiar. Este foi nossa última parada na Louisiana antes de seguir para o Texas.

Pegamos a estrada e aos poucos a paisagem foi mudando, não víamos mais os verdes pântanos e as pancadas de chuvas comuns durante os fins de tarde também cessaram. Nosso primeiro ponto de parada foi a cidade de San Antonio e aqui descobrimos que além de grande patriotas os texanos são extremamente amigáveis, em vários lugares as pessoas vieram conversar conosco e saber mais sobre nossa viagem, sempre tiram fotos do carro e ficam curiosos, na verdade desde quando começamos a rodar pelas estradas todas as pessoas que falam conosco pensam que o Troller é um Wrangler, mas logo vamos dizendo que o carro é um brasileirinho assim como nós. No Texas é possível ver muitas caminhonetes da Ford circulando e por toda parte existem as famosas botas de couro. O chapéu aqui é indispensável e realmente faz parte da cultura local, além de compor todo o estilo deste povo de muita personalidade e orgulhosos de seu passado histórico.

San Antonio é considerada a cidade mais histórica do Texas, foi palco da grande batalha pela independência do estado. Passamos o dia nas margens do Riverwalk onde ficam muitos hotéis e restaurantes que movimentam o local, é extremamente agradável andar por aqui, também visitamos o Álamo, principal área histórica da cidade e La Villita, local onde os mexicanos se renderam à República do Texas.

Aqui é possível observar a grande presença da cultura hispânica, principalmente na arquitetura. Descobrimos que nosso amigo brasileiro Jorge que viaja de moto para o Alaska e com quem encontramos em Puno, Peru, também estava por aqui, mas uns 30km de distância, e acabamos nos falando somente por telefone.

De San Antonio fomos para Fredericksburg, cidade de influência alemã, o centro é bem interessante, mas tudo é muito caro e acabamos não dormindo por lá, decidimos seguir para Fort Davis.

Fort Davis foi lugar de muitas disputas e lendas, atualmente está restaurado e é possível visitar várias instalações, quando nos preparávamos para sair do Fort a americana Laura veio conversar conosco e nos convidou para almoçar com ela e sua amiga Suzy, foi muito agradável ter a companhia das duas e elas nos presentearam com o almoço. Gostamos bastante do lugar não somente pelo forte, mas também por ser pequeno e tranqüilo, além de estar perto do Observatório Mc Donalds onde em uma noite limpa é possível apreciar pelos grandes telescópios Saturno e seus anéis.

O Texas tem se mostrado um lugar muito interessante e que voltaremos a visitar no nosso trajeto de retorno. Agora estamos nos preparando para visitar o estado do Novo México.

Enquanto estávamos na Louisiana decidimos que nossa rota para o Alaska será pela Califórnia, queremos chegar até meados de agosto e para tanto deixaremos a cidade de San Diego e todos os parques do sudoeste para a volta quando a temperatura estará bem mais amena e poderemos caminhar com mais disposição e menos exposição!

Anúncios

8 comentários Adicione o seu

  1. Paula disse:

    Dani e Léo
    Que bom que deu tudo certo, gostei de ver a pontinha do troller na foto…..rsrsrsrs
    Adorei as fotos e os comentários sobre Nova Orleans, sou apaixonada por música!
    O Texas é um forno nesta época, mas nos surpreende, gostei muito.
    Continuo seguindo com vcs!….rsrsrs

  2. Eliane disse:

    Continuo com vocês.

  3. Lipe Carvalho disse:

    Troller fazendo história nos EUA!!!

    Parabens!!!

    E continuem com as belas imagens!!!

  4. Zani disse:

    Estamos de olho no blog e no fórum, parabéns e vamos subindo o mapa. Boa sorte. Zani

  5. Társila Guimarães disse:

    Eii Dani e Léo!
    Só agora encontrei onde tinha anotado o site de vcs! Pensa… e isso já tem 2 meses!Rs… Naquela confusão de acordar às 4:30 para ver os geysers acabei nao guardando de cabeça… tão simples mas eu cismei que tinha algo como “blog” no meio… rs… Como está a viagem?! Andei lendo algumas coisas aqui no blog e vejo que está td dando certo! Depois que nos despedimos nos geysers e entramos no carro p/ fugir daquele frio de -3º, percebemos que não tiramos nenhuma foto com vcs de recordação! Foi uma pena… Enfim, agora vamos acompanhá-los por aqui! Aproveitem!
    Beijos
    Társila e Homero

    1. expedicaoih disse:

      Olá Társila e Homero!
      Bom ter notícias de vocês, foi bem corrido na Bolívia e realmente ficamos sem uma foto juntos, mas guardaremos na lembrança a feliz conscidência de termos nos encontrado em um lugar tão lindo!
      Grande abraço!

  6. Fred Almeida disse:

    oI Léo e Dani, primeiramente quero parabeniza-los pela bela expedição. Simplesmente sensacional!!! Gostaria de saber como o Troller está se comportando. Sugiro criar um livro de bordo com todas as ocorrências, desde um simples furo. Como vc’s organizaram trocas? Vão comprar pneus no exterior ou levaram outro jogo?.
    Abs

    1. expedicaoih disse:

      Olá Fred,

      Nós estamos registrando tudo! Até agora o Troller não deu problemas mecânicos, mas tivemos outros probleminhas que temos postado aqui no blog. Compramos um jogo de pneus em Lima e temos feito o rodízio a cada 5.000km, esperamos não precisar comprar outro jogo, mas isto vai depender muito das estradas.
      Abraços e obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s